IMG_0554.JPG

Casas Lares Pe. Ibiapina

Casas Lares - Atendimento Integral

É composto por seis casas lares. Cada uma delas acolhendo até dez crianças e ou adolescentes do sexo masculino sendo acompanhados no seu desenvolvimento por uma mãe e um pai social. Os meninos encontram na casa lar além do abrigo físico, amor, carinho e o aconchego de uma verdadeira família. Esta modalidade de atendimento funciona vinte e quatro horas todo o ano. Aqui as crianças e adolescentes são encaminhas pelos conselhos tutelares com autorização da Vara da Infância e da Juventude.

Perfil de Crianças e Adolescentes Acolhidas

Crianças e adolescentes do ambos os gêneros que:

  • Encontrem-se na família de origem e não tem vivência na rua,

  • Encontrem-se na família de origem e tem vivência na rua,

  • Não se encontrem na família de origem e tem vivência na rua, 

  • Aqueles que dentre estes apresentem problemáticas médicas e psicológicas leves.

Condições de Atendimento
  • Criança ou adolescente de ambos os gêneros de zero até 18 anos incompletos;

  • Encaminhamento pela Vara de Infância (no máximo dentro de 48 horas),

  • Crianças de outras comarcas precisam ser encaminhadas pela Vara da Infância da Comarca de Guarabira

  • Um salário mínimo na entrada (da prefeitura de onde vem o menino),

  • Um salário mínimo mensalmente (da prefeitura de onde vem o menino).

Atividades Socioeducativas - Contra turno escolar

Esta modalidade de atendimento é direcionada para crianças e adolescentes que vivem em vulnerabilidade social. As atividades do Socioeducativo acontecem no contra turno escolar e diariamente as crianças e adolescentes são acompanhadas por ORIENTADORAS SOCIAIS que estão responsáveis para acompanhar todo o desenvolvimento biopsicossocial e direcionar para as atividades oferecidas de acordo com a aptidão de cada um. Através das atividades proporcionadas, tais como capoeira, música, reforço escolar, informática, entre outras, é possível contribuir diretamente para o melhoramento da qualidade de vida, do desempenho escolar, dos referenciais para a construção de uma convivência familiar saudável e para uma sociedade com as ações de violência minimizadas.

Perfil de Crianças e Adolescentes para atividades socioeducativas

Crianças e adolescentes que:

  • Encontra-se na família de origem e não tem vivência na rua,

  • Encontra-se na família de origem e tem vivência na rua,

  • Não se encontram na família de origem e tem vivência na rua, 

  • Aqueles que dentre estes apresentem problemáticas médicas e psicológicas.

Atendimento Dia.jpg
Contato
adri.png

Adriana Mariano

Coordenadora do Serviço de Acolhimento da AMECC e Serviços de Apoio

3271-3110

AMECC (logo)